Um olhar sobre o mundo Português

A edição desta semana dá voz  aos insurrectos, os que saem fora da norma e seguem a sua própria voz, como os meus convidados. 

h facebook h twitter h pinterest

A nova fronteira dos soutiens

Escrito por 

É mais um daqueles textos que abordam um tema delicado e ao mesmo tempo, nem por isso.

Recentemente tive a necessidade de adquirir novos suportes para os meus seios e ao contrário do que possam pensar não foi das melhores experiências que já tive, foi um drama de proporções épicas. Parece exagerado, mas não, verifiquei que embora eu tenha muitas ganas de comprar peças de lingerie, essas peças íntimas à venda em muitas das lojas de marcas conceituadas não possuem a copa e tamanho que possuo para a minha idade, porque como me fizeram o favor de sugerir as jovens vendedoras de tamanho 34 copa B, quando se tem um busto avantajado para além do D pelos vistos não há salvação possível, a solução passa aparentemente por aquelas peças que se vêem à venda nas feiras? Sabem aqueles soutiens das avózinhas que parecem autênticos torpedos dos anos 50 prontos a disparar? Fizeram-me sentir quase culpada por não me encaixar nos padrões dito “normais” e no estilo de soutiens que as portuguesas apreciam, porque pelos vistos não me encaixo no vasto universo feminino nacional com peitos pequenos (e sim, estou a ser irónica!) e que gosta de peças básicas, nas cores branco, preto ou beige. Deixo, contudo, uma ressalva, não tenho nada contra os gostos das portuguesas em matéria de lingerie e corseterie, eu também possuo esse tipo de peças, mas desejo mais do que o simples conforto, quero sentir-me sexy na minha própria pele.
E esta história poderia ter ficado por aqui, mas não me deixei abater e decidi que iria encontrar os soutiens com que sonhava, por isso, foi pesquisar na internet nesse sentido e sabem o que encontrei? Um artigo muito elucidativo de uma jovem blogger americana que abordava vários sites onde as mulheres mais avantajadas podem encontrar o que procuram a preços convidativos na chamada nova fronteira do desenvolvimento dos soutiens, parafraseando uma das suas frases, a Polónia, o país onde mulheres destemidas fabricam peças íntimas e sexys em materiais como seda, renda e em todas as tonalidades, padrões e tamanhos possíves e imaginários e ainda, para todas as idades, pasme-se! E as modelos? São mulheres como eu, como provavelmente você que esta a ler este texto e posso dizer que me senti vingada, não só por ter encontrado o que procurava, mas por visualizar imagens com modelos lindas com corpos como o meu. Em baixo deixo vários links e um conselho de amiga não se deixe desencorajar pelos zlotis, a moeda polaca, ou pelos tamanhos que são completamente diferentes, leia com atenção as tabela de conversão onde se demonstra como efectuar as medidas com precisão e veja o que se adequa mais ao seu corpo e se não encontrar o que pretende a Ewa Michalak pelo menos faz por encomenda. Muitas das páginas estão em inglês, mas podem ser traduzidas, enviam para Portugal e em média a encomenda demora cerca de duas semanas para chegar. Deixo também, uma sugestão para as mamás grávidas que também se querem sentir cómodas e sexys.

http://www.ewa-michalak.pl/main-eng.html
https://samanta.eu/
http://www.brastop.com/all-bras-lingerie
http://www.suzandra.pt/

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

FaLang translation system by Faboba

Podcast

Eventos

loading...