Um olhar sobre o mundo Português

Paixão é a palavra que define e motiva os meus convidados desta semana. São os criativos que motivam os outros a ganhar coragem e também concretizar os seus sonhos. Venhas conhecer estas pessoas especiais. 

                        

h facebook h twitter h pinterest

Noite

Escrito por 

Esta peça surge de um convite ao encenador Graeme Pulleyn que se rodeou uma equipa quase inteiramente natural ou residente em Viseu para dar corpo a este desafio e que conta com a interpretação e co-criação de Sofia Moura

Perséfone, uma menina de 5 anos faz uma viagem inesperada com a sua mãe, da cidade para uma aldeia no interior de Portugal, que tanto podia ser de Lisboa como para o Minho, para visitar a avó que está doente. Esta noite vai ter que dormir sozinha, no quarto onde a mãe dormia quando era pequena. Quarto este recheado de sombras estranhas, ruídos assustadores e um baú que esconde os segredos da noite. Até o peluche, que lhe faz companhia, não é o dela. E surge na cabeça da pequena Perséfone a grande questão. "Para que é que serve noite?". Pouco a pouco vai ganhando coragem para enfrentar os seus medos e com a ajuda da Dona Noite e do Capitão Escuro a menina heroína embarca numa viagem emocionante à descoberta dos segredos da noite.

Este espectáculo, dirigido a um público infantil, dos 3 aos 6 anos, e familiar é uma criação original de Graeme Pulleyn e Sofía Moura. Num processo de improvisação, que cruza as linguagens da dança, do teatro e dos contadores de histórias, os dois artistas de Viseu procuraram criar um espectáculo com uma forte vertente visual, que puxa pela imaginação, que mexe com as emoções e com uma forte narrativa que agarra miúdos e graúdos. A peça foi concebida como uma viagem algures entre a realidade e o sonho, durante a qual Perséfone vai conhecendo as criaturas e as personagens da noite e vai percebendo que a noite é um mundo para descobrir. Sofia Moura desdobra-se nas múltiplas personagens desta história que só termina com o nascer do sol e o chilrear dos passarinhos.

Este espectáculo é uma produção das Comédias do Minho, companhia sediada em Paredes de Coura e que serve os cinco concelhos de Paredes de Coura, Valença, Melgaço, Monção e Vila Nova de Cerveira.

Ficha Técnica e Artística
Entidade Produtora Comédias do Minho
Encenação e co-criação Graeme Pulleyn
Interpretação e co-criação Sofia Moura
Assistência de Encenação Inês Amaral Mendes
Desenho de luzes Vasco Ferreira
Direcção do projecto pedagógica das Comédias do Minho Alice Silva

VILA NOVA DE CERVEIRA
1 ABR | Biblioteca Municipal | 11:00

PAREDES DE COURA
23 ABR | Centro Cultural | 15:30

MONÇÃO
29 ABR | Biblioteca Municipal | 15:00

VALENÇA
13 MAI | Biblioteca Municipal | 15:00

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

FaLang translation system by Faboba

Podcast

Eventos

loading...