Um olhar sobre o mundo Português

ptenfrdees

 

h facebook h twitter h pinterest

Rui veloso 1986

Escrito por  yvette vieira

É um álbum em nome próprio lançado nos idos de 1986.

Quando ouço este álbum revejo mentalmente imagens de toda uma vida. É o Portugal descrito pelas letras de Carlos Té, musicado e cantado por Rui Veloso, mas que de alguma forma ganha um cunho muito pessoal. O chamado pai do rock português é, a meu ver, mais recordado pelas suas canções mais emotivas e românticas precisamente, porque invocam essas memórias que associámos a eventos importantes da nossa existência. É como se Rui Veloso tivesse escrito a banda sonora da nossa vida, como é o caso deste trabalho discográfico de 1983. O álbum faz-nos recordar a final da nossa infância com "é triste ser-se crescido", as viagens que fizemos com "Porto Côvo", as promessas que não cumprimos em "a origem do mal", os corações que partimos pelo caminho, em "directo à cabeça" e as saudades que sentimos do lugar que chamámos de casa, em "Porto Sentido". Tudo bons motivos para rever um dos melhores músicos do panorama nacional, mesmo que seja uma versão com mais de 20 anos.

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

FaLang translation system by Faboba

Podcast

Eventos


loading...