Um olhar sobre o mundo Português

ptenfrdees

h facebook h twitter h pinterest

Concreto (2) em Guimarães

Escrito por  bruno barreto fts diretios reservados

A Oficina e o Centro em Rede de Investigação em Antropologia (UMinho), em colaboração com o Instituto de Etnomusicologia e Centro de Estudos em Música e Dança (INET-md), organizam “Em Concreto (2)” que terá lugar nos dias 13 e 14 de dezembro, em Guimarães.

A Oficina e CRIA organizam 2º Encontro sobre Património Cultural Imaterial que tem como objetivo juntar funcionários de instituições culturais, decisores políticos, investigadores, participantes em iniciativas patrimoniais locais, e propor um esforço de reflexão e criatividade aplicadas a uma intervenção etnográfica centrada nas dinâmicas sociais e culturais contemporâneas. “Em Concreto (2)” está agendado para os dias 13 e 14 de dezembro, no Centro Internacional das Artes José de Guimarães e na Casa da Memória de Guimarães.

A noção de “património cultural imaterial”, instituída há pouco mais de 10 anos, tem suscitado uma grande atenção por parte da sociedade portuguesa. Numerosos instrumentos, projetos e formações, num quadro institucional ou particular, têm tentado responder a este interesse. Estas iniciativas são agora suficientemente numerosas e desenvolvidas para permitir uma tentativa de confrontação das expetativas e das experiências com a realidade que encontram e constroem no terreno.

É precisamente este o mote do “Em Concreto (2)”, que terá lugar nos dias 13 e 14 de dezembro, primeiro no Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG) e depois na Casa da Memória de Guimarães (CDMG). Adelina Paula Pinto, Presidente da Direção d’ A Oficina, fará as honras de abertura do encontro, estando previstos quatro painéis ao longo do primeiro dia: “Expetativas, experiências, perspetivas dos municípios”, às 09h45; “Expetativas, experiências, perspetivas dos investigadores”, às 11h00; “Expetativas, experiências, perspetivas das comunidades”, às 14h30; e “As perspetivas e o papel da UNESCO”, às 15h30. Um dos destaques da conferência será a apresentação do Estudo Antropológico das Festas Nicolinas de Guimarães, por Jean-Yves Durand, marcada para as 16h00. O primeiro dia do encontro terminará por volta das 17h00 com uma visita à festa de Santa Luzia.

O dia 14 de dezembro será exclusivo para investigadores/instituições que, neste momento, se dedicam a processos de inventariação do património cultural imaterial. Vários convidados vão reunir-se na Casa da Memória para refletir sobre os pontos em debate no dia anterior e procurar propostas para uma reformulação do dispositivo português de inventariação. A participação no “Em Concreto (2)” é gratuita, estando apenas sujeita a inscrição prévia até ao dia 02 de dezembro, através do formulário disponível no site www.casadamemoria.pt.

PROGRAMA

13 DEZEMBRO LOCAL: CENTRO INTERNACIONAL DAS ARTES JOSÉ DE GUIMARÃES

09h30 | Abertura: Presidente da Direção d’A Oficina, Adelina Paula Pinto

Expetativas, experiências, perspetivas dos municípios 09h45 | Apresentação: Jean-Yves Durand (CRIA-UMinho) Vereadora da Cultura do Município de Guimarães, Adelina Paula Pinto Vereadora da Cultura do Município de Viana do Castelo, Maria José Guerreiro Vereadora da Cultura do Município de Valongo, Ana Maria Rodrigues

10h30 | Pausa para café

Expetativas, experiências, perspetivas dos investigadores 11h00 | Apresentação: Jorge Freitas Branco (CRIA, ISCTE-IUL) Álvaro Campelo (FP-B2S, UFPessoa) Salwa Castelo-Branco (INET-md, UNova) Rosário Pestana (INET-md, UAveiro) Rita Ribeiro (CECS, UMinho) Paulo Lima (investigador independente)

12h30 | Debate 13h00 | Almoço

Expetativas, experiências, perspetivas das comunidades 14h30 | Apresentação: Catarina Pereira (Casa da Memória) Festas Nicolinas, Guimarães: José Ribeiro (Presidente da Associação dos Antigos Estudantes do Liceu de Guimarães); Francisco Viamonte (Em representação do Presidente da Associação de Comissões de Festas de Nicolinas) Festa das Rosas, Vila Franca (Viana do Castelo): Sandra Portela, Raul Pereira Bugiada e Mouriscada de Sobrado: Paulo Moreira, Luísa Aguiar (Centro de Documentação Bugiada e Mouriscada); António César Ferreira (Associação Casa do Bugio)

As perspetivas e o papel da UNESCO 15h30 | Anthony Seeger

16h00 | Apresentação do Estudo Antropológico das Festas Nicolinas de Guimarães Jean-Yves Durand Hugo Morango (Folk & Wild)

16h30 | Debate e síntese final 17h00 | Visita à festa de Santa Luzia

 

14 DEZEMBRO LOCAL: CASA DA MEMÓRIA DE GUIMARÃES

10h00-16h00 | Dia de trabalho exclusivo para investigadores/instituições que, neste momento, se dedicam a processos de inventariação do património cultural imaterial. Espaço de reflexão sobre os pontos em debate no dia anterior e procura de propostas para uma reformulação do dispositivo português de inventariação. Convidados: Anthony Seeger, Álvaro Campelo, Jorge Freitas Branco, Jorge Castro Ribeiro, Paulo Lima, Raul Pereira, Rosário Pestana, Rita Ribeiro, Salwa Castelo-Branco _

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

FaLang translation system by Faboba

Podcast

Eventos


loading...