A Look at the Portuguese World

ptenfrdees

 

h facebook h twitter h pinterest

Leando vence grande prémio de MFFP

Written by  Rita Ascenso fts direitos reservados

O júri deliberou e elegeu o projeto de André Wiborg, autor da curta-metragem "Leando", como o vencedor do Grande Prémio. Nas outras categorias distinguiu "Ele Quis", de João Simões Ribeiro, com o Prémio de Melhor Realizador, "(des)amor", de Rui Teles, com o Prémio de Melhor Argumento e "Invasão", de Tiago Soares, com o Prémio de Melhor Ator/Atriz.

O Grande Prémio foi entregue à curta-metragem de 1 minuto "Leando", de André Wiborg, que retrata uma vida de má sina acompanhada de várias soluções criativas para superar esse destino. André Wiborg vai receber o prémio de 5.000 euros para produzir o seu próprio filme. A primeira edição do Mobile Film Festival contou com mais de 70 participações validadas, das quais faziam parte curtas-metragens de ficção, drama, comédia e, até mesmo, documentários. O TOP 20, selecionado a partir do total de participações, alcançou mais de 16 mil visualizações nas plataformas online do festival.

O Prémio de Melhor Realizador foi entregue a João Simões Ribeiro pelo filme "Ele Quis", em que Tiago, personagem principal, é condenado por ignorar a lei que penaliza a Eutanásia. O projeto "(des)amor", de Rui Teles, mostra uma mulher vítima de violência doméstica e as questões que essa condição lhe suscita, alcançou o Prémio de Melhor Argumento. Por último, mas não menos importante, o ator Iven Silva conquistou o júri com o seu plot twist e o filme "Invasão", de Tiago Soares, conseguiu o Prémio de Melhor Ator/Atriz.

Presidido pela atriz Rita Blanco, o júri da primeira edição do Mobile Film Festival foi composto por João Canijo, realizador, Bruno Manique, realizador e presidente do Centro Portugal Film Commission, Luciana Peres, diretora de Comunicação e Responsabilidade Social do BNP Paribas em Portugal, e Sílvia Balea, adida de cooperação cultural e audiovisual do Institut Français Portugal.

"Estava muito curiosa em relação aos filmes que nos iam ser apresentados com base neste desafio e tenho de confessar que não fiquei nada desiludida. Tivemos participações brilhantes e não foi fácil eleger os vencedores finais entre tantos participantes talentosos. Foi, sem dúvida, um grande orgulho presidir o júri desta primeira edição do Mobile Film Festival em Portugal e espero que a iniciativa se repita!", afirma Rita Blanco.

Para Luciana Peres, Diretora de Comunicação do BNP Paribas e membro do júri, "a inovação e a criatividade são valores partilhados tanto pelo cinema como pelo BNP Paribas e foi dessa junção que nasceu a ideia de trazer o Mobile Film Festival para Portugal, uma iniciativa com uma longa história de sucesso em França. Decorrida a primeira edição, posso afirmar que essa aposta foi ganha e que fazemos um balanço extremamente positivo, o que nos leva a considerar a importância desta continuar em Portugal".

14 anos depois do seu arranque em França, o Mobile Film Festival chegou a Portugal pelas mãos do BNP Paribas, enquanto principal patrocinador. Trata-se de um concurso internacional que pretende fomentar o interesse do público em geral pelo cinema. Aliando a cultura à inovação, a organização desenhou o concurso a partir de uma regra simples: 1 filme, 1 minuto, 1 dispositivo móvel.

Sobre o Mobile Film Festival

O Mobile Film Festival foi criado há 14 anos em França e tem feito um caminho de crescimento na defesa da igualdade e da descoberta, através do apoio e incentivo à 7ª Arte. Procurando acrescentar valor à criatividade dos amantes do cinema, o concurso permite contar uma história num minuto. A competição é 100% digital desde a sua criação, desenvolvendo-se de forma curta, divertida e de fácil visualização em qualquer formato: telemóvel, tablet, computador, TV e cinema. A participação é composta pela criação de 1 filme de 1 minuto, através de 1 dispositivo móvel. Em Portugal, o vencedor será premiado com o valor de 5.000€ para criação do seu próprio filme, com o apoio de uma produtora local. Para além deste prémio existem ainda 4 distinções: prémio de melhor realizador; prémio de melhor ator/atriz; prémio de melhor argumento e o prémio atribuído pelo público. www.mobilefilmfestival.pt

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.

FaLang translation system by Faboba

Podcast

 

 

 

 

Eventos


loading...