A Look at the Portuguese World

ptenfrdees

 

h facebook h twitter h pinterest

A música e o mundo tornam a cruzar latitudes atlânticas

Written by  Helena Marteleira fts direitos reservados

 

Este períplo cultural e musical acontece, entre os dias 21 de agosto a 18 de setembro de 2021, em Lisboa, Fajã da Fragueira, Angra do Heroísmo, Ribeira Seca e Ponta Delgada.

A 21 agosto estreia o ciclo A Música e o Mundo – Encontros Sonoros Atlânticos que, até 18 de setembro, apresenta cinco concertos em Portugal Continental e nos Açores, com três obras em estreia absoluta. Com programação pelo compositor Vasco Mendonça e promovido pela Francisco de Lacerda, a Música e o Mundo, Associação Cultural, o ciclo principia em Lisboa e percorre as ilhas de São Jorge, Terceira e São Miguel.

O ciclo a Música e o Mundo – Encontros Sonoros Atlânticos constitui-se como uma série de recitais em que obra do compositor, musicólogo e maestro açoriano Francisco de Lacerda (1869 – 1934) é o estímulo para a criação de novas peças musicais, intimamente relacionadas com os locais em que se apresentam.

O percurso pelo Atlântico mapeado pelo ciclo a Música e o Mundo – Encontros Sonoros Atlânticos tem início a 21 de agosto, no Castelo de São Jorge, em Lisboa, com o grupo Drumming GP e o contratenor Rodrigo Ferreira. O programa apresenta obras de Philip Glass e duas estreias mundiais, dos compositores Vasco Mendonça e Ângela da Ponte.

A 7 de setembro, na Fajã da Fragueira, na Ilha de São Jorge, o músico João Barradas apresenta obras de Johann Sebastian Bach, Astor Piazzolla e Keith Jarrett.
No local em que se localizou a casa de Francisco de Lacerda vai ser ainda possível escutar a transcrição para acordeão da Canção Triste, da autoria de João Barradas. Esta é a primeira audição mundial desta transcrição da Canção Triste, um original de Francisco de Lacerda, nascido em São Jorge e com uma notável carreira internacional.

A 10 de setembro, o terceiro concerto do ciclo a Música e o Mundo – Encontros Sonoros Atlânticos acontece na Ermida de S. António da Grota, no parque Monte Brasil, na ilha Terceira, onde a pianista Joana Gama interpreta ao ar livre obras de Hans Otte.

A ilha de São Miguel e o Arquipélago Centro de Artes Contemporâneas, na Ribeira Grande, acolhem o concerto de 15 de setembro, em que a soprano Inês Simões e o pianista Daniel Godinho percorrem obras de Richard Wagner, Francisco de Lacerda e António Chagas Rosa.

O ciclo a Música e o Mundo – Encontros Sonoros Atlânticos encerra-se em São Miguel, a 18 de setembro, em Ponta Delgada. Aqui, na Igreja do Colégio dos Jesuítas – Museu Carlos Machado, a soprano Sandra Medeiros e o pianista Francisco Sassetti apresentam obras de Francisco de Lacerda, Freitas Branco e Vianna da Motta.

PROGRAMA

07/SET Ilha de São Jorge
19h00 Fajã da Fragueira
Casa de Francisco de Lacerda
Programa: João Barradas

10/SET Ilha Terceira
19h30 Angra do Heroísmo
Ermida de Santo António da Grota, Monte Brasil
Programa: Joana Gama

11/SET Ilha Terceira
21h00 Angra do Heroísmo
Igreja de Nossa Senhora da Guia
Programa: Gustaaf van Manen

15/SET Ilha de São Miguel
19h30 Ribeira Grande
Arquipélago Centro de Artes Contemporâneas
Programa: Inês Simões e Daniel Godinho

18/SET Ilha de São Miguel
21h00 Ponta Delgada
Igreja do Colégio dos Jesuítas – Museu Carlos Machado
Programa: Sandra Medeiros e Francisco Sassetti

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.

FaLang translation system by Faboba

Podcast

 

 

 

 

Eventos