A Look at the Portuguese World

ptenfrdees

 

h facebook h twitter h pinterest

Música inunda de novo as igrejas do algarve

Written by  Rita Pina ft direitos reservados


Boliqueime é um dos pontos de passagem da 14ª edição do Festival de Órgão do Algarve que, decorre entre os dias 5 a 28 de novembro, nas Igrejas de Faro, Portimão, Loulé e Tavira.

Organizado pela Associação Música XXI, este Festival , tem como atracção principal no dia 12 de novembro, pelas 21h00, na Igreja Paroquial, um concerto da organista Célia Sousa Tavares. Recorde-se que, ao longo dos anos, esta iniciativa tem vindo a ganhar público, através de um conceito que alia a música de intérpretes conceituados a elementos patrimoniais de grande valor. A envolvência das belezas e pormenores arquitetónicos e artísticos do interior das igrejas que acolhem este evento único na região do Algarve, oferece a possibilidade de fruição de órgãos históricos, património singular de elevado valor e de características únicas, alguns de referência além-fronteiras. Boliqueime é disso exemplo pelo que o Município de Loulé se associa a esta organização, com o claro objetivo de promover a sua cultura e património.
Célia Sousa Tavares terminou a licenciatura em Órgão, na Escola Superior de Música de Lisboa, em 2008. Como aluna finalista, realizou o projeto “Orgelbüchlein – J. S. Bach: formas composicionais”, apresentado sob a forma de recital-conferência. Em 2010, terminou o curso de mestrado em Música, especialidade Interpretação – Órgão, na Universidade de Évora.
Em outubro do mesmo ano foi admitida no mestrado na Hochschule für Künste, em Bremen (Alemanha). Foi também aluna de intercâmbio na Eastman School of Music, em Rochester, nos Estados Unidos. Simultaneamente foi bolseira de investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia, no projeto Estudos de Música Instrumental Em Portugal: 1755 – 1834 da Unidade de Investigação em Música e Musicologia da Universidade de Évora. Concluiu, em 2017, o mestrado em Ensino da Música, na Escola Superior de Música de Lisboa.
Foi professora em diversas instituições e colabora regularmente com vários agrupamentos corais e tem-se apresentado em recitais a solo, com orquestra e com agrupamentos vocais/instrumentais em vários ciclos do país.
Sob a alçada do Turismo do Patriarcado de Lisboa/Signinum, concretizou, entre 2017 e 2020, o projeto Lunchtime Recitals na Igreja da Conceição Velha, na qual realizou recitais comentados, na qual abordava o funcionamento organológico do órgão e do seu repertório, tanto português como internacional, em diversos contextos históricos. É professora de órgão no Colégio S. João de Brito e organista-titular na Igreja de S. Sebastião da Pedreira, em Lisboa, desde 2015.

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.

FaLang translation system by Faboba

Podcast

 

 

 

 

Eventos