A Look at the Portuguese World

ptenfrdees

 

h facebook h twitter h pinterest

Teatro aberto regressa ao trabalho

Written by  Mafalda Simões fts direitos reservados

 

Após análise cuidada das recomendações das autoridades competentes e do plano de desconfinamento, a equipa do Teatro Aberto regressa ao teatro para preparar os próximos espectáculos e as novas formas de relação com o público.

Durante todo o período em que decorreu o estado de emergência e a quarentena obrigatória, estivemos com os nossos espectadores e disponibilizámos em www.teatroaberto.com o registo de alguns dos nossos espectáculos. Comemorámos o 25 de Abril, em confinamento e on-line, com a transmissão de um concerto único com canções de Fernando Lopes Graça e direcção musical do maestro João Paulo Santos. Agradecemos as centenas de mensagens que nos chegaram nos mais variados formatos. Foi bom sentir o carinho dos nossos espectadores durante estas semanas tão longas.

Terminado o estado de emergência vamos entrar num outro estado, de reflexão, mas também de incerteza em relação ao futuro próximo da nossa arte. O teatro é feito de proximidade e não de distanciamento. O verdadeiro teatro é feito ao vivo e não através de plataformas. O teatro é feito de pessoas, os actores, que se tocam, que respiram e que interpretam personagens com corpo, voz e emoções.

A presença dos espectadores é fundamental para que aconteça teatro. A palavra teatro deriva do grego theatron: que significa o lugar de onde se vê. E só com a certeza da presença do público é que se pode olhar para o teatro como lugar de encontro da sociedade consigo própria.

Hoje é urgente o teatro, porque é urgente sermos humanos. Sermos solidários e não solitários. A nossa arte vive o presente como nenhuma outra mas, neste momento, a nossa esperança está no futuro que podemos construir juntos.

 

AMOR E INFORMAÇÃO

O Teatro Aberto vai comemorar o 25 de Abril com um momento especial da iniciativa #teatroemcasa disponibilizando em www.teatroaberto.com o registo de um concerto único, com canções de Fernando Lopes Graça, que teve lugar no Teatro Aberto no dia 25 de Abril de 2014 com direcção musical de João Paulo Santos.

O teatro é o espaço da liberdade onde tudo é possível. Nos tempos de incerteza e desconfiança que vivemos hoje, a celebração do 25 de Abril no palco, ainda que digital, do Teatro Aberto, é da maior importância para a nossa companhia.

No dia 26 de Abril a iniciativa #teatroemcasa continua e disponibilizamos on-line o registo do espectáculo Amor e Informação de Caryl Churchill, com encenação de João Lourenço que pode ser visto de 26 de Abril a 3 de Maio.

Amor e Informação é um espectáculo invulgar que investiga sempre de novos pontos de vista os múltiplos aspectos da nossa infinita necessidade de amor e de conhecimento.

"Um espectáculo notável! Um caleidoscópio de euforia depressiva que é como a vida que estamos neste momento a viver"

Eduardo Lourenço

"É notável a flexibilidade e o arrebatamento de todos os atores que nos deixam sem respiração mantendo o mesmo entusiasmo do princípio ao fim do espetáculo."

Helena Simões

AMOR E INFORMAÇÃO
Caryl Churchill

VERSÃO
João Lourenço

DRAMATURGIA
Vera San Payo de Lemos

ENCENAÇÃO
João Lourenço

FIGURINOS
Isabel Carmona

VÍDEO
Nuno Neves

COREOGRAFIA
Cláudia Nóvoa

LUZ
João Lourenço

INTERPRETAÇÃO
Ana Guiomar | Carlos Malvarez | Cristóvão Campos | Francisco Pestana | Irene Cruz | João Vicente | Marta Dias | Marta Ribeiro | Melim Teixeira | Patrícia André | Paulo Oom | Rui Neto | Teresa Sobral

SINOPSE

Ama-se e deixa-se de amar, perde-se a memória de quem se amou, recorda-se os tempos do amor, faz-se o luto, vai-se à procura da intensidade do sentir longe da civilização, tem-se uma paixão virtual difícil de explicar, idolatra-se uma estrela até à loucura. Quer-se saber mais, esconder o que se sabe, revelar segredos, não esquecer nada, conhecer o futuro, perceber a dor, o medo, o significado das palavras, o sentido da vida. Como num caleidoscópio ou num zapping de imagens, surgem mais de 100 personagens em mais de 50 peças curtas e outros tantos intermezzos, criados por esta encenação, numa proposta teatral invulgar que investiga sempre de novos pontos de vista os múltiplos aspectos da nossa infinita necessidade de amor e de conhecimento.

+ infos em www.teatroaberto.com

 

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.

FaLang translation system by Faboba

Podcast

 

 

 

 

Eventos


loading...